domingo, 25 de março de 2012

ENTREVISTA COM DIRETORIAS MUNICIPAL E ESTADUAL LGBT - SÃO LUIS/MA

Maira Ribeiro diretoria municipal do movimento LGBT - São Luis

Maira Ribeiro tem 15 anos, e fala sobre a frente do movimento, que visa lutar pelos direitos do público LGBT, e que o mesmo seja visto de maneira diferente de como é interpretado atualmente.

Maira falou sobre as principais dificuldades sofridas, que segundo ela é o preconceito dentro da própria casa, ou seja, Maira citou que quando o homossexual assume sua opção automaticamente a família e a sociedade passam a ver de maneira diferente, descriminando-os e desrespeitando-os.

Uma solução para tentar combater isto, disse Maira, é iniciar movimentos de conscientização dentro das próprias escolas, já que atualmente é dentro da própria escola que acontecem os mais horrendos casos de preconceito.

Divulgar também, a ideia de que o homossexual não é uma ameaça, nem impuro e muito menos doente, mais também é um ser humano e tem as mesmas qualidades e necessidades afetivas que qualquer outro ser humano possui, disse Maira.

“Acredito que se as pessoas se colocassem no lugar da gente, e vissem como é difícil viver por este outro lado atualmente, muitos respeitariam e a sociedade seria muito mais feliz”


Breno Santana diretoria estadual do movimento LGBT - Maranhão

Outra figura importante a ser entrevistada foi Breno Santana, diretor estadual do movimento LGBT no maranhão, onde enfatizou que hoje é extremamente importante, a criminalização da homofobia no país.

Breno também concordou com Maira sobre as principais dificuldades que o homossexual enfrenta atualmente, a família é o principal agente, pois a partir do momento em que a família aceita, está tudo muito bem, mais quando a família não apoia se torna extremamente complicado, disse Breno.

Breno terminou enfatizando os sonhos de liberdade que tem a respeito da frente LGBT, um país sem preconceito, sem descriminação social, religiosa, e espera que o Brasil se torne um país de todos.

“Nós realmente temos que amar as pessoas como se não houvesse amanhã”

0 comentários:

Postar um comentário

União da Juventude Socialista - São Luis - MA. Tecnologia do Blogger.